Descrição de chapéu Serviços 2020

Tecnologia nos cursinhos sintoniza professores e novas gerações

Campeão na categoria, Objetivo conta com dez estúdios para produzir aulas virtuais

São Paulo

Imagine entrar em um concurso disputando cada vaga com 129,46 concorrentes. Essa foi a relação candidato/vaga para o curso de medicina da USP (Universidade de São Paulo), em 2020. Também foi feia a briga por uma matrícula no ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), em São José dos Campos (SP): 11.412 inscritos para 120 vagas.

Segundo Vera Lúcia Antunes, coordenadora do Grupo Objetivo, esse é o cenário que ajuda a manter as salas de aula dos cursinhos pré-vestibular tão cheias. "As cotas reduziram ainda mais o número de vagas para alunos egressos de escolas particulares. Mesmo quem é muito bom precisa de apoio para entrar em determinadas faculdades."

Só que as aulas convencionais, nas quais os professores discursam diante da lousa, já são raras. Para falar a língua dos adolescentes, os cursinhos estão cada vez mais tecnológicos.

Fundado há 55 anos, o Objetivo mantém uma central de tecnologia, em São Paulo, com dez estúdios e 200 funcionários. Desde o início do isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus, a estrutura vem garantindo que os 252.052 alunos de todo o grupo, incluindo cursinho e colégio Objetivo, mantenham a rotina de estudos.

Segundo Marcello Vannini, diretor de tecnologia do grupo, 100% do conteúdo é disponibilizado no formato de aulas online.

"Nossa plataforma colhe todas as métricas de cada aluno. Registra os vídeos que ele viu, que exercícios preencheu, cruza os dados com as notas obtidas em sala de aula e sugere o que ele precisa ver de novo para atingir a meta", diz Vannini.

Na opinião de Marcelo Forte da Fonseca, coordenador geral do curso pré-vestibular Etapa, os próprios recursos tecnológicos têm avançado. O tempo de assistir a uma aula online de forma passiva, ele garante, acabou. "A participação ativa do aluno deve ser uma das premissas da nova educação a distância, que se mostrou fundamental desde o início da crise do novo coronavírus", afirma.

Vencedor da categoria cursinho: Objetivo

18% das menções na pesquisa Datafolha O Melhor de sãopaulo Serviços 2020

Fundação 1965
Unidades 12 próprias em São Paulo (o sistema Objetivo é adotado por 840 escolas particulares conveniadas em todo o Brasil)
Funcionários 459
Pessoas atendidas 10.350 alunos nas unidades próprias e 14.200 nas escolas particulares conveniadas
Faturamento Não divulga
Crescimento Não divulga
Inovação Desde sua fundação, o Objetivo investe na tecnologia a serviço da educação. Foi o primeiro grupo a levar o ensino à distância a todo o Brasil via satélite

"Receber um prêmio como instituição de ensino mais lembrada pelos paulistanos já é motivo de grande orgulho. Imagine receber esse mesmo prêmio por vários anos. Os professores do Objetivo sentem-se profundamente honrados e felizes por ocupar lugar privilegiado na saudade dos paulistanos. Agradecemos a São Paulo por nunca se esquecer do curso e do colégio Objetivo e ao Datafolha pela curadoria das memórias da população"
João Carlos Di Genio, presidente

Tópicos

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.