Descrição de chapéu Serviços 2021 maternidade

Novos protocolos modificam pré-natal e chegada de bebês

Maternidade Santa Joana foi eleita pelo 7º ano consecutivo a melhor de São Paulo

A pandemia provocou uma queda nos índices de natalidade em boa parte do mundo —no Brasil, em janeiro, foram 207.901 nascimentos, número 15,1% inferior ao observado em janeiro de 2020, segundo a Arpen-Brasil (Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais).

Mas o número de partos não caiu no Hospital e Maternidade Santa Joana, eleita pelo sétimo ano consecutivo a melhor de São Paulo.

Isso porque, diante do risco de contrair Covid-19 em um hospital geral, muitas gestantes migraram para maternidades, diz Marco Antônio Zaccarelli, diretor comercial do Grupo Santa Joana.

“Como nosso hospital é focado exclusivamente na saúde da mulher e gestante, temos uma taxa de infecção nove vezes menor que a média nacional.”

Mesmo assim, mudanças foram necessárias. Todo dia, um comitê de crise discutia a atualização de condutas e protocolos. Áreas específicas foram criadas para receber mulheres com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19, incluindo um pronto atendimento exclusivo, apartado dos demais. Quartos de internação, UTI Adulto e UTI Neonatal também foram reservados para esses casos.

Ao mesmo tempo, parte dos serviços migrou para o digital. Para gestantes de baixo risco, foi oferecido o pré-natal online, em que consultas presenciais são intercaladas a virtuais. O modelo online pode contemplar 40% do pré-natal, mas com foco nos dois primeiros trimestres da gestação.

Os cursos de gestante e de amamentação também ganharam versão digital. Quem queria conhecer a maternidade contou com um tour por videochamada.

Visitas a mães e bebês foram suspensas, mas foi desenvolvida a transmissão do parto online, para contemplar a participação da família de modo seguro.

Rossana Pulcineli, presidente da Sogesp (Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo), alerta, porém, para o impacto que a pandemia pode ter no atendimento às gestantes como um todo.

“Houve uma desestruturação da rede de atenção, e vários processos relacionados à humanização foram impactados.” A telemedicina pode ajudar a espaçar as consultas, mas, em obstetrícia, não é possível abrir mão de consultas presenciais, afirma.

VENCEDOR NA CATEGORIA MATERNIDADES: SANTA JOANA

19% das menções na pesquisa Datafolha O Melhor de sãopaulo Serviços ​2021

Fundação: 1948
Unidades: O grupo possui três maternidades (Santa Joana, Pro Matre e Santa Maria), uma unidade de atendimento de endometriose e imunização e duas unidades ambulatoriais, todas na capital paulista
Funcionários: 2.030
Faturamento: Não divulga
Crescimento: Não divulga
Ações sociais: Em 2019, o grupo inaugurou a Escola de Ciências da Saúde Santa Joana, que oferece curso técnico em enfermagem para o público externo. Metade do valor da mensalidade é subsidiado para colaboradores e familiares. Há um ano, foi criado o grupo Nós por Elas, para apoiar colaboradoras que sofrem ou já sofreram violência doméstica e precisam de orientação

Conseguimos oferecer uma linha completa de soluções para mulheres que desejam engravidar e gestantes na mesma instituição. Dessa forma, garantimos que todas as informações das pacientes estejam no mesmo local e que o trabalho integrado de diversas equipes ocorra com grande sintonia

Marco Antônio Zacarelli

diretor comercial do Grupo Santa Joana

Tópicos

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.