Veja 12 lugares para se deliciar com guloseimas no Rio

Seleção inclui casa que serve café da manhã o dia todo

Rio

 

Pão de ló, bolo caseiro, doces portugueses, éclair e mil-folhas são só algumas das opções de guloseimas oferecidas pelas casas no Rio da seleção abaixo.

CAFÉ DA MANHÃ

Café do Alto
Concorrido em Santa Teresa, elabora um desjejum de sotaque nordestino: o bufê, a R$ 56 por pessoa, traz opções como ovo mexido com carne seca, queijo de coalho grelhado, tapiocas, milho cozido, cartola 
e mingau do dia. Entre os combos à la carte, o mixuruca inclui cesta de pães, fruta, bolo e bebida quente (R$ 29).
R. Paschoal Carlos Magno, 143, Santa Teresa, tel. (21) 2507-3172. Sáb., dom. e feriados: 9h às 13h.

Casa Carandaí
Misto de delicatéssen, padaria e bistrô, é comandado por Janjão Garcia e sua filha Mariana. Para abrir o dia, serve croque monsieur feito com pão de miga da casa (R$ 24), ovos beneditinos (R$ 23), scone (espécie de bolinho inglês) com creme fresco e geleia artesanal (R$ 14) e panquecas (R$ 19). Também há favoritos da clientela mais triviais, casos da cesta de pães (R$ 11,50) com queijo da serra da Canastra (R$ 11) ou ovos mexidos (R$ 9).
R. Lopes Quintas, 165, Jd. Botânico, tel. (21) 3114-0179. Seg. a sáb.: 8h30 às 21h. Dom.: 8h30 às 17h.

Empório Jardim
Servido o dia inteiro, o café da manhã tem mais de 80 opções. Entre elas, há produtos de fabricação própria, como os pães de fermentação natural (a baguetinha francesa custa R$ 3,70), o gourgère (espécie de pão de queijo francês, feito com gruyère; R$ 11,90 por três unidades) e o requeijão da casa (R$ 4,50). Os ovos beneditinos vêm com peito de peru (R$ 21,50) ou salmão defumado (R$ 27,90). Na ala doce, vá de bolo do dia (R$ 8,70) ou croissant de amêndoas (R$ 11,80). Abriu duas filiais, uma na Gávea e outra em Ipanema. 
R. Visconde da Graça, 51, Jd. Botânico, tel. (21) 2535-9862. Seg. a dom.: 8h às 22h.

Marchezinho
Meio mercadinho, meio bistrô (daí a brincadeira com o “marché”, do francês, no nome), é criação de dois franceses e dois cariocas. Disponível até as 18h, o cardápio diurno tem pedidas como o croc’ canastra (R$ 25) —pão de mandioca, queijo da serra da Canastra, pastrami da casa e bechamel. Também serve quiches (R$ 14), tartelettes (R$ 14) e bolos (R$ 8 cada fatia).
R. Voluntários da Pátria, 46, Botafogo, tel. (21) 96722-4946. Seg. a sáb.: 10h à 1h.

Slow Bakery
Referência na cidade por seus pães de fermentação natural, que levam dois dias para ficar prontos, tem à frente o casal Rafa Brito e Lud Espíndola. O de estilo Rio sourdough é a base para pedidas como o croque do padeiro (R$ 24), com queijo meia cura artesanal, presunto, molho bechamel e mostarda, tudo gratinado com queijo D’Alagoa. Para acompanhar, o café da casa (R$ 8), blend especial da Slow, pode ser coado em diversos métodos. Está de mudança para outro imóvel, maior, no mesmo bairro. 
R. São João Batista, 93, Botafogo, (21) 3563-8638. Ter. a sex.: 9h às 19h30. Sáb.: 9h às 15h.

Talho Capixaba
A casa abriu em 1999 e foi uma das pioneiras da cidade na fermentação natural. Oferece 25 tipos de pães, como o francês especial, a baguete au levain e o pão tradição. No café da manhã, trabalha com o sistema de combos. O talho da fazenda (R$ 89, para até três pessoas) leva à mesa um mix de pães artesanais, frios, queijos, geleia, bebidas quentes, sucos, frutas e bolo do dia. 
Av. Ataulfo de Paiva, 1.022, loja A-B, Leblon, tel. (21) 2512-8760. Seg. a dom.: 7h às 22h.

DOCERIAS

Alda Maria Doces Portugueses
O casarão em Santa Teresa guarda segredos do século 18: as receitas de família da dona, que cuida de tudo ao lado da filha, Simone Jaeger. Feitos com ovos orgânicos, os doces da “terrinha” são as estrelas: pastel de nata (R$ 10), pastel de Santa Clara (R$ 10), toucinho do céu (na receita clássica ou de chocolate, R$ 7 o pequeno) e fatias de Braga (R$ 7). 
R. Almirante Alexandrino, 1.116, Santa Teresa, (21) 2232-1320. Ter. a sáb.: 10h30 às 19h. Dom.: 14h às 19h.

Confeitaria Colombo
Patrimônio histórico do Rio, foi inaugurada em 1894. Com espelhos de cristal belga, móveis de jacarandá e vitrais franceses, o símbolo da belle époque carioca faz doces portugueses, herança de seus fundadores, como o pingo de tocha (R$ 11,30). Receitas francesas também têm vez —destaque para o mil-folhas, de creme ou chocolate (R$ 11,60), e as bombas, em sabores como brigadeiro com café (R$ 11,30). Abriu duas filiais, no Forte de Copacabana e no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil). 
R. Gonçalves Dias, 32, centro, tel. (21) 2505-1500. Seg. a sex.: 9h às 19h. Sáb. e feriados: 9h às 17h.

Kurt
Os carros-chefes da casa, fundada pelo alemão Kurt Deichmann, são as receitas de origem europeia. A torta sacher (R$ 16 a fatia, R$ 145 a pequena e R$ 160 a grande), com massa e cobertura de chocolate 
e recheio de geleia de damasco própria, é austríaca. Já a picada de abelha (R$ 16 a fatia e R$ 150 inteira), um bolo recheado com crème pâtissière e cobertura crocante, vem da Alemanha, e o streusel de frutas vermelhas (R$ 160) é uma espécie de crumble alemão.
R. General Urquiza, 117, loja B, Leblon, tel. (21) 2294-0599. Seg. a sex.: 8h às 19h. Sáb.: 9h às 18h.

L’Éclair Shop
Como o nome indica, é especializada em éclairs, os doces chamados por aqui de bombas. Maria Fernanda, que comanda a loja, passou pelas escolas francesas Alain Ducasse, Lenôtre e Le Cordon Bleu. Entre os recheios fixos há chocolate meio amargo, caramelo salgado, baunilha, café bicolor, lavanda e limão (R$ 7 a mini e R$ 12 a de tamanho original). Às quintas (ou sob encomenda, nos demais dias), faz sempre um sabor salgado (R$ 14). Sem mesas, serve café expresso no balcão. 
Galeria Condor. Largo do Machado, 28, sobreloja 248, Catete, tel. (21) 98560-3456. Ter. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 10h às 16h.

Le P’tit Café
Escondida em uma galeria de Ipanema, a doceria da chef-confeiteira Patrícia Lombardi, formada na Le Cordon Bleu, faz sucesso com os bolos caseiros, de sabores como laranja (R$ 16 a fatia), chocolate (R$ 17) e cenoura (R$ 17) —este último chega à mesa com calda quente de brigadeiro mole e é um dos mais vendidos. Também há versões mini para levar para casa (R$ 25), pão de queijo da serra da Canastra (R$ 7,50) e o cigarrete, enroladinho de queijo mineiro assado (R$ 7).
R. Visconde de Pirajá, 444/loja 114, Ipanema, tel. (21) 2267-7546. Seg. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 10h às 14h.

Torta & Cia
As mesas da pequena loja da Cobal do Humaitá são disputadas pelo público, geralmente em busca da receita que dá nome à casa, acompanhada por um café. A torta de coco é feita com pão de ló recheado com creme do fruto e cobertura de marshmallow e coco fresco ralado (R$ 15 a fatia e R$ 138 a torta inteira). Sazonal, a maravilha de morango combina pão de ló recheado com creme maravilha e morangos, cobertura de chantili e morangos frescos (R$ 16 a fatia e R$ 158 a inteira). Tem quatro unidades na cidade. 
Cobal do Humaitá. R. Voluntários da Pátria, 446, loja 13, Humaitá, tel. (21) 2537-8484. Seg. a dom.: 9h às 22h.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.