Para paulistano, Coco Bambu é restaurante ideal para levar a família

Datafolha - Melhor restaurante para ir com a família e melhor restaurante

Carolina Moraes
São Paulo

A história da marca começou em uma pastelaria a mais de 2.700 km de São Paulo, em 1989. Ganhou a cara e o nome atuais 12 anos depois, com a abertura da primeira unidade ainda em Fortaleza. O cardápio, além dos peixes e frutos do mar, tinha tapioca, pizza e crepes, entre as opções.

Quando a marca se expandiu com novas filiais, Salvador, Brasília e Teresina foram contempladas antes da capital paulista. Atualmente, 12 das 32 unidades do Coco Bambu, vencedor da categoria pela segunda vez, estão no estado de São Paulo.

Os pratos favoritos são os que trazem o mar do Ceará para cá, caso do camarão internacional, acompanhado de arroz com ervilhas, presunto, molho branco e mozarela gratinada, e da rede de pescador, que reúne lagosta, camarão, mexilhões, peixe e lula grelhados ao molho provençal.

As novidades fogem do clima litorâneo: além de uma cachaça própria, a rede vai apostar na primeira unidade com sistema bufê, no shopping Vila Olímpia, e outra especializada em carnes, em Brasília. 

Restaurantes
undefined

Coco Bambu

Pescados |
até R$177.26

Frutos do mar em grandes porções compõem o menu nas 32 unidades --das quais oito ficam em São Paulo. Hit da casa, o camarão internacional com arroz de ervilhas e presunto leva molho branco e mozarela gratinada (R$ 120, duas pessoas). A rede de pescador reúne ingredientes nobres como lagosta, camarão, mexilhão, peixe e lula (R$ 200, duas pessoas).

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.